Avançar para o conteúdo
Página inicial » Cabelo » Que ervas para o crescimento do cabelo usar? Será que também inibem a calvície?

Que ervas para o crescimento do cabelo usar? Será que também inibem a calvície?

As ervas podem ter um efeito positivo no crescimento e perda de cabelo, fornecendo ao corpo vitaminas, minerais e outros nutrientes que são necessários para o crescimento adequado do cabelo. Essas ervas também podem ser anti-inflamatórias, antibacterianas e antioxidantes, o que pode ajudar a prevenir a perda de cabelo e aumentar a espessura do cabelo.

Ervas para o crescimento do cabelo

Quais ervas para o cabelo valem a pena usar?

As ervas têm um efeito positivo no fortalecimento e crescimento do cabelo, mas para aproveitar suas propriedades maravilhosas em maior medida, vale a pena conhecer um pouco mais sobre o que elas contêm em sua composição e com o que exatamente elas podem nos ajudar. Também vale a pena combinar o tratamento à base de plantas com suplementação com comprimidos, que também nos fornecem nutrientes essenciais. Desta forma, obteremos resultados ainda melhores. Se você quiser saber mais sobre suplementos, nos referimos ao artigo: As melhores pílulas de crescimento de cabelo – ranking.

Ervas para o crescimento do cabelo

Cavalinha

Contém substâncias como silício e vitaminas do complexo B que fortalecem o cabelo e melhoram sua condição. Também pode ajudar a combater a perda de cabelo e prevenir o envelhecimento prematuro.

Para aproveitar as propriedades da cavalinha, você pode preparar uma infusão de folhas secas e brotos desta planta e usá-la para o último enxágue depois de lavar o cabelo. Você também pode adicionar algumas gotas de óleo essencial de cavalinha ao seu xampu ou condicionador. É importante aplicar cavalinha regularmente para ver efeitos duradouros.

Raiz de bardana

A raiz de bardana é rica em vitaminas A e C, que são necessárias para o crescimento adequado e manutenção de cabelos saudáveis. Ele também contém saponinas e ácido salicílico, que podem ajudar a fortalecer as raízes do cabelo e prevenir a perda de cabelo.

Feno-grego

O feno-grego é rico em vitamina C, que ajuda na produção de colágeno, bem como vitamina A, que ajuda na produção de sebo – uma substância que hidrata a pele e o cabelo. Ele também contém ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, que podem ajudar a manter o cabelo saudável.

Bambu

O bambu é rico em vitaminas A, C e E, que são necessárias para o crescimento adequado do cabelo. Ele também contém poderosos antioxidantes que podem ajudar a proteger o cabelo dos efeitos nocivos dos radicais livres.

Alfafa

A alfafa é rica em vitaminas A, C e E e minerais como ferro, cálcio e magnésio, que são necessários para o crescimento adequado do cabelo. Ele também contém ácido fólico, que ajuda na produção de glóbulos vermelhos e na entrega de nutrientes para as raízes do cabelo.

Raiz de ginseng

A raiz de ginseng é rica em vitaminas A, B e E e minerais como selênio, zinco e cobre, que são essenciais em nosso corpo. Ele também contém saponinas e polissacarídeos, que podem ajudar a fortalecer as raízes do cabelo e prevenir a perda de cabelo.

Nabos pretos

O nabo preto é rico em vitamina C, que ajuda na produção de colágeno, além das vitaminas B1, B6 e B9, que ajudam a manter os cabelos saudáveis. Ele também contém ferro, que é necessário para produzir glóbulos vermelhos e fornecer nutrientes para as raízes do cabelo.

Tomilho

O tomilho é rico em vitaminas A, C e K, que são necessárias para o crescimento adequado do cabelo. Ele também contém antioxidantes e óleos essenciais que podem ajudar a proteger o cabelo dos efeitos nocivos dos radicais livres e fortalecer as raízes do cabelo.

Ervas para perda de cabelo (alopecia)

Ervas para calvície

Urtiga

A urtiga é rica em vitaminas A, C e K e minerais como ferro, magnésio e cálcio, que são necessários para o crescimento adequado do cabelo. Ele também contém fitohormônios que podem ajudar a combater a calvície e estimular o crescimento de novos cabelos. A urtiga também contém aminoácidos importantes, como metionina e cistina, que são essenciais para a produção de queratina, o principal componente do cabelo humano. É rico em lecitina, que protege e nutre os folículos pilosos, e glucosinolatos, produtos químicos com atividade antioxidante. Estes componentes têm um forte efeito antioxidante, por isso protegem o cabelo dos danos causados pelos radicais livres e promovem o seu crescimento saudável.

Aloe

Aloe vera é rico em vitaminas A, C e E e minerais como magnésio, cálcio e cobre. Também contém polissacarídeos, que têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. Aloe vera também contém glicosídeos, que têm um efeito analgésico e aliviam o inchaço. Aloe vera também é rico em aminoácidos, vitaminas B1, B2, B3 e B6 e flavonoides. É também uma fonte de antocianina, que tem fortes propriedades antioxidantes e protege as células do corpo de danos oxidativos.

Serra palmetto

Saw Palmetto é rico em vitaminas A, E e K e minerais como selênio, zinco e cobre. Ele também contém ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, que são importantes para a saúde do coração. Saw Palmetto também é rico em antioxidantes que ajudam a proteger o corpo dos efeitos nocivos do estresse oxidativo. Também ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue e suporta a função do sistema imunológico. As sementes de saw palmetto também são uma fonte de proteína vegetal, que pode ser usada como uma alternativa a outras fontes de proteína, como carne, ovos ou laticínios. Devido à fonte de proteína – é uma solução benéfica para a saúde do cabelo.

Ácoro

É rico em vitaminas A, C e E e minerais como magnésio, cálcio e cobre. Ele também contém ácido salicílico, que suporta a condição geral do cabelo e efetivamente inibe a perda de cabelo.

Hortelã-pimenta

Ele contém um óleo essencial que pode ter efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos, o que pode ajudar a prevenir a perda de cabelo. Também pode promover o crescimento de novos cabelos e reduzir a caspa. Você também pode usar óleo de hortelã-pimenta para obter um brilho natural e brilho para o seu cabelo.

Quais são as causas comuns de perda de cabelo?

A perda de cabelo pode ser causada por muitos fatores diferentes, incluindo genética, doenças, infecções, estresses, distúrbios hormonais, má alimentação, medicamentos e tratamentos de cabeleireiro. Muitas vezes, a perda de cabelo é o resultado de uma interação complexa de vários fatores, o que dificulta a identificação da causa exata.

Em alguns casos, a perda de cabelo é um processo natural relacionado à idade, no entanto, se você sofre de perda de cabelo súbita ou excessiva, recomendamos que você consulte seu médico para determinar a causa e encontrar o tratamento certo.

Vale a pena usar ervas naturais para o cabelo?

O uso de ervas naturais para o cabelo pode ser eficaz na prevenção ou tratamento de muitos problemas relacionados ao cabelo, como perda de cabelo, fragilidade, caspa e falta de brilho. Algumas ervas, como urtiga, cavalinha e alecrim, contêm substâncias que fortalecem o cabelo e melhoram sua condição.

Estas ervas podem ser usadas na forma de uma infusão ou óleo para massagear o couro cabeludo, bem como adicionadas a xampus e condicionadores de cabelo. Antes de aplicar quaisquer ervas no seu cabelo, recomendamos que consulte o seu médico ou farmacêutico para se certificar de que são adequadas para o seu tipo de cabelo e não causarão quaisquer efeitos negativos.

Como aplicar ervas no cabelo?

Existem muitas maneiras de aplicar ervas ao seu cabelo, dependendo do tipo de erva e do problema que você deseja resolver. Aqui estão alguns exemplos:

  • Para fortalecer o cabelo e prevenir a perda de cabelo, você pode preparar uma infusão de urtiga, cavalinha ou alecrim e usá-lo para o último enxágue depois de lavar o cabelo.
  • Para se livrar da caspa, você pode preparar o óleo da árvore do chá e massagear o couro cabeludo com ele antes de lavar o cabelo.
  • Para cabelos brilhantes, você pode adicionar algumas gotas de óleo essencial de lavanda ou alecrim ao seu xampu ou condicionador.

Ervas para o cabelo são melhor usadas regularmente para ver efeitos duradouros.